20º Dia – Villa de Leyva

Hoje visitamos uma casa diferente e intrigante pela sua cor, forma e textura. Trata-se da Casa Terracota, uma casa construída em barro e “assada” como cerâmica tradicional pelo arquiteto Octavio Mendoza Morales.

Foram necessárias mais de 400 toneladas de barro e 13 anos para conclusão da obra.

Não foram utilizados maquinários pesados para construção, tudo foi moldado à mão e “assado” de forma tradicional, tornando esta casa a maior peça de cerâmica do mundo com aproximadamente 500m2 de área construída.

Portão de entrada da Casa Terracota
Frente da Casa Terracota
Cozinha da Casa Terracota
Chuveiro na Casa Terracota
Algumas das flores na Casa Terracota

No resto do dia, ziguezagueamos pelas ruas de Villa de Leyva, tirando fotos e mais fotos, pois esta cidade é inspiradora.

Casario em Villa de Leyva
Vista das ruas de Villa de Leyva
Iglesia del Carmen
Parada para um café na Pastelaria Francesa
Capilla San Francisco
Vista das ruas de Villa de Leyva

As flores, especialmente as Três-Marias, são um capítulo à parte. A maioria das casas tem as Três-Marias como flores de decoração de muros. Todas exuberantes…

Flores Três-Marias sobre os muros das casas
Flores Três-Marias sobre os muros das casas
Flores Três-Marias sobre os muros das casas
Claustro de San Agustín – fundado em 1594
Antigo Molino La Mesopotamia – fundado em 1598 – hoje funciona como o La Mesopotamia Hotel Colonial
Casario em Villa de Leyva
Casario em Villa de Leyva

Para comemorarmos a nossa última noite em Villa de Leyva, jantamos no Savia – restaurante com uma boa variedade de pratos, especialmente com ótimas opções vegetarianas.

Frente do Restaurante Savia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.